ANÁLISES DE SEGURANÇA

O processo de análise de segurança integrado, na indústria aeronáutica, segue o referencial estabelecido pelo documento SAE ARP 4761 – “Guidelines and Methods for Conducting Safety Asessment Process on Civil Airborne Systems and Equipment”.

As boas práticas de desenvolvimento de sistemas complexos, estabelecidas na SAE ARP 4754, preconizam que o processo de análise de segurança (SSA) deve ocorrer em paralelo com o desenvolvimento do sistema, desde a fase de concepção inicial do projeto.

O processo de análise de segurança, estabelecido pela SAE ARP 4761, fornece uma metodologia para avaliar as funções da aeronave, e os sistemas projetados para desempenhar estas funções, e determinar se todos os perigos associados foram devidamente endereçados.

Este processo deve ser realizado de maneira a garantir que todas as condições de falhas foram identificadas e todas as combinações relevantes de falhas que podem causar essas condições de falhas foram devidamente consideradas.

As principais técnicas de análise utilizadas no processo de análise de segurança são:

  • FHA – Functional Hazard Assessment
  • FTA – Fault Tree Analysis
  • FMEA – Failure Modes and Effect Analysis
  • ZSA – Zonal Safety Analysis
  • PRA – Particular Risk Analysis
  • CMA – Common Mode Analysis

A realização das análises de segurança, em suas diversas técnicas, requer grande experiência e conhecimento sobre as disciplinas envolvidas.

Os prazos planejados, para as etapas de desenvolvimento de projeto de um sistema crítico, são impactados significativamente pelo tempo requerido para realização das análises segurança.